ALERTA: A criminalidade e a violência crescem de forma assustadora no Brasil. Os policiais estão prendendo mais e aprendendo muitas armas de guerra e toneladas de drogas. A morte e a perda de acessibilidade são riscos presentes numa rotina estressante de retrabalho e sem continuidade na justiça. Entretanto, os governantes não reconhecem o esforço e o sacrifício, pagam mal, discriminam, enfraquecem e segmentam o ciclo policial. Os policiais sofrem com descaso, políticas imediatistas, ingerência partidária, formação insuficiente, treinamento precário, falta de previsão orçamentária, corrupção, ingerência política, aliciamento, "bicos" inseguros, conflitos, autoridade fraca, sistema criminal inoperante, insegurança jurídica, desvios de função, disparidades salariais, más condições de trabalho, leis benevolentes, falência prisional, morosidade dos processos, leniência do judiciário e impunidade que inutilizam o esforço policial e ameaçam a paz social.

sábado, 2 de julho de 2011

PM É ATINGIDO A TIROS E SEQUESTRADO POR BANDIDOS COM ARMAS DE GUERRA

PM é sequestrado em Santa Cruz - POR MARCELLO VICTOR, O DIA, 02/07/2011

Rio - O policial militar Marcos Paulo dos Santos Brandão, de 33 anos, foi baleado e sequestrado por cinco homens encapuzados e armados com fuzis, na madrugada deste sábado, em Santa Cruz, na Zona Oeste.

Policiais do 27º BPM (Santa Cruz) foram acionados para a Estrada do Curtume, bairro Jesuíta, onde testemunhas contaram que o militar os criminosos estavam em um Fiat Idea. Ferido, ele foi colocado na mala do carro e levado.

O PM, que foi atingido por três tiros de fuzil, estava com amigos no Bar do Batata, na Estrada do Cortume, 828, bairro Jesuítas, em Campo Grande, pouco depois de 1 hora da madrugada de sábado quando os desconhecidos chegaram.

A PM fez buscas na região mas não conseguiu localizar o veículo, os bandidos e o cabo PM. Policiais da 36ª DP (Santa Cruz) confirmaram que a ocorrência foi registrada como sequestro.