ALERTA: A criminalidade e a violência crescem de forma assustadora no Brasil. Os policiais estão prendendo mais e aprendendo muitas armas de guerra e toneladas de drogas. A morte e a perda de acessibilidade são riscos presentes numa rotina estressante de retrabalho e sem continuidade na justiça. Entretanto, os governantes não reconhecem o esforço e o sacrifício, pagam mal, discriminam, enfraquecem e segmentam o ciclo policial. Os policiais sofrem com descaso, políticas imediatistas, ingerência partidária, formação insuficiente, treinamento precário, falta de previsão orçamentária, corrupção, ingerência política, aliciamento, "bicos" inseguros, conflitos, autoridade fraca, sistema criminal inoperante, insegurança jurídica, desvios de função, disparidades salariais, más condições de trabalho, leis benevolentes, falência prisional, morosidade dos processos, leniência do judiciário e impunidade que inutilizam o esforço policial e ameaçam a paz social.

sábado, 2 de julho de 2011

NOVA FAIXA DENÚNCIA O PIOR SALÁRIO POLICIAL DO BRASIL

Nova faixa denunciando a condição de pior salário do Brasil - abamfbm on junho 30, 2011



COMENTÁRIO DO BENGOCHEA - É uma vergonha para o Estado do Rio Grande do Sul, uma unidade federativa pujante e desenvolvida, e para a Brigada Militar, uma polícia conceituada e requisitada em todo o Brasil, com quase duzentos anos de história e tradição gloriosa de heróis em combate nas revoluções e nas ruas e de eficácia no policiamento. É descaso para uma corporação de múltiplos serviços prestados de forma diuturna ao povo gaúcho e com encargos em áreas onde a gestão e segurança eram ineficientes. É uma afronta aos servidores militares da ativa, da reserva e reformados que amam o Estado e sua corporação e se dedicam tanto à sociedade que não se importam em arriscar a vida, até porque este requisito faz parte do seu juramento eterno. Infelizmente, tudo isto não se traduz em valorização, mas se reflete em descaso para com profissionais especiais, corajosos, dedicados que, por serem militares, são impedidos pela lei em reivindicações onde o servidor civil pode valer direitos com manifestação contundente ou greve.