ALERTA: A criminalidade e a violência crescem de forma assustadora no Brasil. Os policiais estão prendendo mais e aprendendo muitas armas de guerra e toneladas de drogas. A morte e a perda de acessibilidade são riscos presentes numa rotina estressante de retrabalho e sem continuidade na justiça. Entretanto, os governantes não reconhecem o esforço e o sacrifício, pagam mal, discriminam, enfraquecem e segmentam o ciclo policial. Os policiais sofrem com descaso, políticas imediatistas, ingerência partidária, formação insuficiente, treinamento precário, falta de previsão orçamentária, corrupção, ingerência política, aliciamento, "bicos" inseguros, conflitos, autoridade fraca, sistema criminal inoperante, insegurança jurídica, desvios de função, disparidades salariais, más condições de trabalho, leis benevolentes, falência prisional, morosidade dos processos, leniência do judiciário e impunidade que inutilizam o esforço policial e ameaçam a paz social.

quinta-feira, 8 de setembro de 2011

O PIOR SALÁRIO - PROTESTOS CONTINUAM PIPOCANDO PELO RS


Mesmo com promessa de Tarso, novas queimas de pneus são registradas em Triunfo e Portão. Manifestações ocorreram na BR-386 e na ERS-240 - zero hora online, 08/09/2011 | 04h56min; Atualizada às 07h59min

Mesmo com a promessa do governador Tarso Genro de apresentar na próxima sexta-feira um índice de reajuste salarial à Brigada Militar, mais dois protestos com queima de pneus ocorreram entre a noite de quarta-feira e a madrugada desta quinta.

As manifestações foram registradas no km 404 da BR-386, por volta das 4h, em Triunfo, e no km 8 da ERS-240, em Portão, às 23h30min de quarta-feira. Nos locais, os manifestantes deixaram uma faixa.

Boneco em Novo Hamburgo:

Os manifestantes colocaram um boneco de um policial militar com um balde de fogo e uma faixa pendurado na faixa da pista lateral na BR-116, em Novo Hamburgo. O protesto foi realizado no km 242, no viaduto da Avenida Sete de Setembro. Segundo a Polícia Rodoviária Federal, o boneco foi removido do local e encaminhado para a Brigada Militar local.

Piratini deve fazer proposta a PMs

Para tentar encerrar a série de protestos de policiais militares no Estado, o governador Tarso Genro confirmou ontem que apresentará uma proposta de reajuste salarial para a Brigada Militar até amanhã. Tarso explicou que a decisão de apresentar a proposta foi tomada após a Associação Beneficente Antonio Mendes Filho (Abamf), que representa cabos e soldados, publicar nota reafirmando que não está envolvida nos protestos de queima de pneus em ruas e rodovias gaúchas.

– Nós vamos fazer uma proposta, e vamos novamente admitir a Abamf nas negociações – afirmou.

Em reportagem de ontem de ZH, o comandante-geral da BM, coronel Sérgio Roberto de Abreu, disse que propôs à cúpula da Segurança a retomada das negociações.