ALERTA: A criminalidade e a violência crescem de forma assustadora no Brasil. Os policiais estão prendendo mais e aprendendo muitas armas de guerra e toneladas de drogas. A morte e a perda de acessibilidade são riscos presentes numa rotina estressante de retrabalho e sem continuidade na justiça. Entretanto, os governantes não reconhecem o esforço e o sacrifício, pagam mal, discriminam, enfraquecem e segmentam o ciclo policial. Os policiais sofrem com descaso, políticas imediatistas, ingerência partidária, formação insuficiente, treinamento precário, falta de previsão orçamentária, corrupção, ingerência política, aliciamento, "bicos" inseguros, conflitos, autoridade fraca, sistema criminal inoperante, insegurança jurídica, desvios de função, disparidades salariais, más condições de trabalho, leis benevolentes, falência prisional, morosidade dos processos, leniência do judiciário e impunidade que inutilizam o esforço policial e ameaçam a paz social.

domingo, 11 de setembro de 2011

O PIOR SALÁRIO - BONECO PM BLOQUEIA PORTAS DE BANCO


Protesto bloqueia portas de banco em Frederico Westphalen. Ação pedia aumento salarial para os policiais militares. MARIELISE FERREIRA ZERO HORA online, 11/09/2011

Um protesto inusitado em Frederico Westphalen substituiu ontem as queimas de pneus que estão sendo usadas como tática para pedir aumento salarial para os policiais militares. As portas da agência do Banrisul da cidade foram lacradas com corrente e cadeados.

A Brigada Militar foi chamada por clientes, às 9h, que não conseguiam ter acesso aos caixas automáticos do banco. Uma corrente de um metro foi usada para lacrar ao mesmo tempo as duas portas da agência, no centro da cidade. Em cada porta, um cadeado impedia a retirada do material.

Escorado nas portas, estava a assinatura do protesto. Um boneco com cerca de um metro de altura, vestido com uma farda, simulando um policial. A Brigada Militar retirou a corrente e recolheu o boneco.