ALERTA: A criminalidade e a violência crescem de forma assustadora no Brasil. Os policiais estão prendendo mais e aprendendo muitas armas de guerra e toneladas de drogas. A morte e a perda de acessibilidade são riscos presentes numa rotina estressante de retrabalho e sem continuidade na justiça. Entretanto, os governantes não reconhecem o esforço e o sacrifício, pagam mal, discriminam, enfraquecem e segmentam o ciclo policial. Os policiais sofrem com descaso, políticas imediatistas, ingerência partidária, formação insuficiente, treinamento precário, falta de previsão orçamentária, corrupção, ingerência política, aliciamento, "bicos" inseguros, conflitos, autoridade fraca, sistema criminal inoperante, insegurança jurídica, desvios de função, disparidades salariais, más condições de trabalho, leis benevolentes, falência prisional, morosidade dos processos, leniência do judiciário e impunidade que inutilizam o esforço policial e ameaçam a paz social.

sábado, 17 de setembro de 2011

TERRORISMO - OUTRO BONECO COM FARDA COM SUPOSTO EXPLOSIVO

Em novo protesto, boneco com farda da BM carrega suposto artefato explosivo em NH
Ocorrência foi registrada na madrugada
- ZERO HORA ONLINE, 17/09/2011 | 07h09min

Um boneco com a farda da Brigada Militar e carregando um suposto artefato explosivo foi deixado na Avenida Primeiro de Março, no bairro Liberdade, em Novo Hamburgo nesta madrugada.

Segundo a BM, a ocorrência foi registrada às 5h30min. O Gate não chegou a ser acionado e a própria BM retirou o boneco do local, por volta das 7h30min.

Na última quinta-feira, a mesma situação no viaduto Otávio Rocha, no centro de Porto Alegre, mobilizou o Gate e causou transtornos no trânsito.

As associações da BM do Estado vão decidir em assembleias neste final de semana se aceitam a proposta salarial do governo. A Associação de Cabos e Soldados deve comunicar a decisão da categoria na segunda-feira à tarde. Na quinta-feira, o Piratini ofereceu a troca do abono por reajuste no salário básico. A Brigada Militar terá que decidir sobre a proposta de pouco mais de 23% de aumento para soldados, 18% para sargentos e 11% para tenentes.

COMENTÁRIO DO BENGOCHEA - Este tipo de ação já deveria ser considerado "ato terrorista". O Brasil precisa de leis específicas de combate ao terrorismo para punir com rigor os autores de atos como este que, mesmo sendo um artefato sem explosivo, espalham o mesmo terror e exige o isolamento do local e a intervenção de tropa especiais anti-bombas. A justiça deve ser coativa contra esta ilicitude que coloca a vida das pessoas em perigo. Onde estão os Congressistas? A impunidade alimenta o bandido. Enquanto passarem a mão por cima de