ALERTA: A criminalidade e a violência crescem de forma assustadora no Brasil. Os policiais estão prendendo mais e aprendendo muitas armas de guerra e toneladas de drogas. A morte e a perda de acessibilidade são riscos presentes numa rotina estressante de retrabalho e sem continuidade na justiça. Entretanto, os governantes não reconhecem o esforço e o sacrifício, pagam mal, discriminam, enfraquecem e segmentam o ciclo policial. Os policiais sofrem com descaso, políticas imediatistas, ingerência partidária, formação insuficiente, treinamento precário, falta de previsão orçamentária, corrupção, ingerência política, aliciamento, "bicos" inseguros, conflitos, autoridade fraca, sistema criminal inoperante, insegurança jurídica, desvios de função, disparidades salariais, más condições de trabalho, leis benevolentes, falência prisional, morosidade dos processos, leniência do judiciário e impunidade que inutilizam o esforço policial e ameaçam a paz social.

quarta-feira, 14 de setembro de 2011

COMANDO-GERAL BM - NOTA E ESCLARECIMENTO

NOTA DO COMANDO-GERAL DA BM - Portal da Brigada Militar, 12/09/2011

O Governo do Estado, em reunião com o comandante da Brigada Militar, cúpula da Secretaria de Segurança Pública e entidades de classe, que representam as carreiras de nível médio, em reunião na segunda-feira, (12/09), divulgaram a intenção de oferecer um abono de R$ 300,00, sendo R$ 140,00, em outubro de 2011 e R$ 160,00 em abril de 2012, que atinge também os inativos da Brigada Militar. Isso representa os 25% de aumento solicitado pela classe de carreira de nível médio da Brigada Militar.
O Governo do Estado promete a incorporação do abono ao básico dos policiais militares, até o final deste Governo.

Serão R$300,00 da graduação de soldado até o posto de 1º tenente QTPM.

Ainda, foram criadas mais 1.200 vagas de graduação de 3º sargento, sendo 1.000 vagas para policiamento ostensivo e 200 vagas para Bombeiro Militar.

Com isto, 1.200 PMs ascenderão na carreira. Em tramitação na Assembléia Legislativa está o processo que aumenta o valor da Gratificação de Incentivo para Permanência no Serviço Ativo da Brigada Militar (GIPSA).

Neste ano já foi aumentado o valor da etapa alimentação. Estão abertas 600 vagas para o curso de 2º sargento (CTSP) e 90 vagas para o curso de tenente (CBAPM).

Comandante-geral da Brigada Militar, Coronel Sergio Roberto de Abreu

De: EMBM - PM5
Enviada em: quarta-feira, 14 de setembro de 2011 17:41
Assunto: PROPOSTA SALARIAL DO GOVERNO DO ESTADO DO RS


ESCLARECIMENTO PÚBLICO SOBRE A PROPOSTA SALARIAL DO GOVERNO DO ESTADO DO RS AO NÍVEL MÉDIO DA BRIGADA MILITAR

O Comando da BM, tendo em vista informações distorcidas que estão sendo veiculadas junto à tropa, gerando entendimentos equivocados da proposta salarial formulada pelo Governo do Estado, ESCLARECE:

a. O abono salarial proposto será incorporado, conforme calendário a ser definido, ao básico do vencimento da categoria. Não sendo procedente qualquer manifestação em contrário.

b. Toda a proposta na integralidade se estende aos militares inativos. Não sendo feita qualquer distinção salarial entre ativos e integrantes da reserva altiva.

c. Aprovada, esta proposta representará a maior valorização salarial dos últimos anos.

d. A proposta não afasta a incidência, em 2012, da matriz salarial, e nem futuras negociações quanto à progressão salarial para os demais anos.
e. Refuta, por fim, qualquer tipo de ações que partindo de fora da BM venham promover distorções, incompreensões e interferir neste momento importante de valorização dos militares de nível médio.

Porto Alegre, 14 de setembro de 2011.

Sérgio Roberto de Abreu, Cel Comandante-Geral da Brigada Militar