ALERTA: A criminalidade e a violência crescem de forma assustadora no Brasil. Os policiais estão prendendo mais e aprendendo muitas armas de guerra e toneladas de drogas. A morte e a perda de acessibilidade são riscos presentes numa rotina estressante de retrabalho e sem continuidade na justiça. Entretanto, os governantes não reconhecem o esforço e o sacrifício, pagam mal, discriminam, enfraquecem e segmentam o ciclo policial. Os policiais sofrem com descaso, políticas imediatistas, ingerência partidária, formação insuficiente, treinamento precário, falta de previsão orçamentária, corrupção, ingerência política, aliciamento, "bicos" inseguros, conflitos, autoridade fraca, sistema criminal inoperante, insegurança jurídica, desvios de função, disparidades salariais, más condições de trabalho, leis benevolentes, falência prisional, morosidade dos processos, leniência do judiciário e impunidade que inutilizam o esforço policial e ameaçam a paz social.

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

IMPUNIDADE COM APOIO DA LEI

Delegada indiciou brigadiano - Jornal VS, 16/02/2012. http://roniecoimbra.blogspot.com

A delegada Ariadne Langanke indiciou, em outubro de 2011, um soldado da ativa da Brigada Militar por participação em roubos a residência em Dois Irmãos.

O inquérito originou um processo criminal, em andamento no Foro da cidade. O soldado é de Novo Hamburgo e está afastado do policiamento.

Já tinha sido expulso da corporação por assalto a banco, mas conseguiu retornar por determinação judicial.


Ex-PM temporário é investigado por assaltos no Vale do Sinos. Suspeito foi preso em Dois Irmãos com material da Brigada Militar. Sílvio Milani/ Da Redação - jornal vale dos sinos, 16/02/2012 09h08


Dois Irmãos - A prisão do ex-PM temporário Luiz Felipe de Matos Venquiaruto, 27 anos, na semana passada, pode resultar na desarticulação de uma quadrilha especializada em roubos a residência no Vale do Sinos. Na casa dele, na Rua Anita Garibaldi, bairro Bela Vista, em Dois Irmãos, foram apreendidas peças de farda da Brigada Militar e uma touca ninja. A delegada Ariadne Langanke confirma a participação de Venquiaruto em assalto no município com uma família amarrada e agredida. Segundo ela, falta identificar e prender pelo menos outros três envolvidos. “Podem estar agindo em cidades da região”, observa Ariadne. As delegacias de Estância Velha e Ivoti participam da investigação.