ALERTA: A criminalidade e a violência crescem de forma assustadora no Brasil. Os policiais estão prendendo mais e aprendendo muitas armas de guerra e toneladas de drogas. A morte e a perda de acessibilidade são riscos presentes numa rotina estressante de retrabalho e sem continuidade na justiça. Entretanto, os governantes não reconhecem o esforço e o sacrifício, pagam mal, discriminam, enfraquecem e segmentam o ciclo policial. Os policiais sofrem com descaso, políticas imediatistas, ingerência partidária, formação insuficiente, treinamento precário, falta de previsão orçamentária, corrupção, ingerência política, aliciamento, "bicos" inseguros, conflitos, autoridade fraca, sistema criminal inoperante, insegurança jurídica, desvios de função, disparidades salariais, más condições de trabalho, leis benevolentes, falência prisional, morosidade dos processos, leniência do judiciário e impunidade que inutilizam o esforço policial e ameaçam a paz social.

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

GREVE PMBA - ESCUTA REVELA PLANOS DE VANDALISMO

Escuta revela planejamento de vandalismo - ZERO HORA 09/02/2012

Conversas gravadas entre os chefes dos PMs grevistas na Bahia revelam supostos acertos para realização de ações de vandalismo na cidade. Obtidas pelo Jornal Nacional, da Rede Globo, as escutas mostram também articulações para que a paralisação se estenda ao Rio de Janeiro, a São Paulo e outros Estados. Os PMs envolvidos negam participação em ações violentas.

No primeiro trecho, o presidente de uma associação que reúne bombeiros e policiais baianos, Marco Prisco, combina uma ação de vandalismo com um de seus liderados. Prisco nega ter participado de atos de violência. Veja abaixo trecho da escuta:

Prisco – Alô, oi. Desce toda a tropa pra cá meu amigo. Caesg e você. Desce todo mundo para Salvador, meu irmão... Tou lhe pedindo pelo Amor de Deus, desce todo mundo para cá...

David Salomão – Agora?

Prisco – Agora, agora. Embarque...

David Salomão – Eu vou queimar viatura... Eu vou queimar duas carretas agora na Rio-Bahia que não vai dar tempo...

Prisco – Fecha a BR aí meu irmão. Fecha a BR.