ALERTA: A criminalidade e a violência crescem de forma assustadora no Brasil. Os policiais estão prendendo mais e aprendendo muitas armas de guerra e toneladas de drogas. A morte e a perda de acessibilidade são riscos presentes numa rotina estressante de retrabalho e sem continuidade na justiça. Entretanto, os governantes não reconhecem o esforço e o sacrifício, pagam mal, discriminam, enfraquecem e segmentam o ciclo policial. Os policiais sofrem com descaso, políticas imediatistas, ingerência partidária, formação insuficiente, treinamento precário, falta de previsão orçamentária, corrupção, ingerência política, aliciamento, "bicos" inseguros, conflitos, autoridade fraca, sistema criminal inoperante, insegurança jurídica, desvios de função, disparidades salariais, más condições de trabalho, leis benevolentes, falência prisional, morosidade dos processos, leniência do judiciário e impunidade que inutilizam o esforço policial e ameaçam a paz social.

sábado, 19 de outubro de 2013

CONDECORADO PM QUE BALEOU ASSALTANTE DE MOTO

ZERO HORA 19/10/2013 | 01h22

Policial militar que baleou assaltante de moto, em São Paulo, é condecorado. Honraria recebida é a mais alta da corporação, concedida aos que se destacam por atos de bravura


Ladrão tem 18 anos e foi identificado como Leonardo Escarante SantosFoto: Reprodução / Reprodução


Seis dias depois de ter baleado um bandido que havia roubado uma moto em São Paulo, o oficial da Polícia Militar paulista que evitou a fuga do ladrão foi condecorado pela corporação nesta sexta-feira. O oficial, que pediu para não ser identificado, recebeu a Láurea de Mérito Pessoal em 1º Grau.

Concedida a policiais que se destacam em atos de bravura, a medalha é o grau mais alto da honraria da Polícia Militar. Na nota publicada pela corporação, o Comando da PM afirma que "as imagens mostram uma ação legítima, praticada segundo o procedimento operacional padrão e a postura do oficial em seu horário de folga, pondo em risco a própria vida, demonstra profissionalismo e devoção à causa pública".

Segundo a corporação, o oficial ficará fora por alguns dias, pois precisa realizar uma cirurgia que já estava marcada.





O caso

O vídeo, gravado por uma câmera no capacete da vítima, teve grande repercussão por mostrar a ação do policial militar frente ao bandido. Um motociclista trafegava pela Zona Leste de São Paulo pilotando uma Honda Hornet branca quando foi abordado por dois ladrões no cruzamento das avenidas Doutor Assis Ribeiro e Gabriela Mistral.

Com uma arma apontada para a cabeça, a vítima entregou a moto sem reagir e, quando os assaltantes se preparavam para fugir, o policial, que estava parado na sinaleira, viu a ação dos bandidos e resolveu agir.

Ao descer do veículo, o policial atirou contra o bandido, que caiu no chão ferido.