ALERTA: A criminalidade e a violência crescem de forma assustadora no Brasil. Os policiais estão prendendo mais e aprendendo muitas armas de guerra e toneladas de drogas. A morte e a perda de acessibilidade são riscos presentes numa rotina estressante de retrabalho e sem continuidade na justiça. Entretanto, os governantes não reconhecem o esforço e o sacrifício, pagam mal, discriminam, enfraquecem e segmentam o ciclo policial. Os policiais sofrem com descaso, políticas imediatistas, ingerência partidária, formação insuficiente, treinamento precário, falta de previsão orçamentária, corrupção, ingerência política, aliciamento, "bicos" inseguros, conflitos, autoridade fraca, sistema criminal inoperante, insegurança jurídica, desvios de função, disparidades salariais, más condições de trabalho, leis benevolentes, falência prisional, morosidade dos processos, leniência do judiciário e impunidade que inutilizam o esforço policial e ameaçam a paz social.

quarta-feira, 19 de outubro de 2011

VIATURA POLICIAL É FLAGRADA EM VAGA PARA DEFICIENTE


Viatura policial é flagrada ao estacionar em vaga para deficiente no Norte de Santa Catarina. Polícia Militar promete investigar responsável por infração que ocorreu em Jaraguá do Sul e foi divulgada pela internet - DIÁRIO CATARINENSE, 18/10/2011 | 20h34min

As redes sociais ajudaram a divulgar uma recente infração de trânsito cometida por policiais militares em Santa Catarina. A foto, que mostra a viatura 0233 estacionada em vaga exclusiva para deficientes em um supermercado em Jaraguá do Sul, chegou ao Comando da Polícia Militar, que promete instaurar um processo administrativo e punir os responsáveis.

Pelo número da viatura, a Polícia Militar identificou que o veículo está à disposição do 14º Batalhão de Polícia Militar, em Jaraguá do Sul. O comandante do batalhão prometeu que vai rastrear os policiais que estavam com o veículo no momento da infração.

– Temos um sistema de monitoramento geográfico e vamos pesquisar quando ocorreu o fato. A partir daí identificaremos os policiais que estavam com a viatura e vou cobrar explicações – afirmou o Tenente Coronel José Luiz Gonçalves.

A foto, segundo o comandante do 14º BPM, será encaminhada para a Corregedoria da Polícia Militar e o policial pode ser punido por transgressão disciplinar e receber advertência ou até prisão temporária. Por ser uma infração de trânsito, o condutor também será punido.

De acordo com o artigo 181 do Código de Trânsito Brasileiro, estacionar em vaga exclusiva para portadores de necessidades especiais é uma infração leve, que resulta em três pontos na carteira de motorista do infrator e multa de 53,20 Ufir.