ALERTA: A criminalidade e a violência crescem de forma assustadora no Brasil. Os policiais estão prendendo mais e aprendendo muitas armas de guerra e toneladas de drogas. A morte e a perda de acessibilidade são riscos presentes numa rotina estressante de retrabalho e sem continuidade na justiça. Entretanto, os governantes não reconhecem o esforço e o sacrifício, pagam mal, discriminam, enfraquecem e segmentam o ciclo policial. Os policiais sofrem com descaso, políticas imediatistas, ingerência partidária, formação insuficiente, treinamento precário, falta de previsão orçamentária, corrupção, ingerência política, aliciamento, "bicos" inseguros, conflitos, autoridade fraca, sistema criminal inoperante, insegurança jurídica, desvios de função, disparidades salariais, más condições de trabalho, leis benevolentes, falência prisional, morosidade dos processos, leniência do judiciário e impunidade que inutilizam o esforço policial e ameaçam a paz social.

terça-feira, 15 de novembro de 2011

GREVE NA POLÍCIA CIVIL DE SC

GREVE NA CIVIL. Policiais prometem paralisar delegacias. Agentes dizem que vão manter serviços essenciais e investigar casos graves - DIOGO VARGAS, DIÁRIO CATARINENSE, 15/11/2011

De amanhã e até sexta-feira, o atendimento nas delegacias de polícia do Estado poderá ficar comprometido. O motivo é a paralisação prometida por policiais civis.

Eles garantem que não haverá omissão em crimes graves, como homicídios e assaltos, e que vão manter alguns serviços essenciais. Quem precisar registrar ocorrência deve usar a internet.

O anúncio da greve parcial foi feito por três das principais entidades da categoria: a Associação dos Delegados de Polícia (Adepol), o Sindicato dos Policiais Civis de SC (Sinpol) e o Sindicato dos Trabalhadores em Segurança Pública de SC (Sintrasp).

– Pela primeira vez na história, conseguimos unificar as associações das categorias. Vamos ficar em frente às delegacias conversando com a população e, em situações mais graves, não deixaremos de atender – disse o presidente do Sinpol, Pedro Cardoso.

Uma assembleia geral da categoria está marcada para sexta-feira, às 14h, no Golden Hotel, em São José. Pode haver boicote à Operação Veraneio.

A Secretaria de Segurança Pública (SSP) não quis se manifestar ontem. Amanhã à tarde, o governo deve divulgar novas medidas para a política salarial dos servidores. Segundo as entidades, a remuneração está entre as quatro piores do Brasil, e o piso inicial de um agente é de R$ 781,82.

De acordo com o vice-presidente da Adepol, Carlos Diego Araújo, para repor as perdas salariais dos delegados com a inflação nos últimos 13 anos, o reajuste deveria ser de 130%.


SERVIÇOS QUE DEVEM SER MANTIDOS - Prisão em flagrante, cumprimento de ordens judiciais e medidas protetivas de urgência.

CRIMES EM QUE POLICIAIS PROMETEM AGIR - Homicídio, latrocínio, roubo, extorsão mediante sequestro, estupro e pedofilia.

ATENDIMENTOS NOS ÓRGÃOS DE TRÂNSITO - Podem ficar comprometidos vistorias em veículos, exames em processos de habilitação, emissão de documentos de veículos e habilitação. Isto dependerá da adesão dos servidores, a ser definida a partir desta quarta-feira.

Fonte: sindicatos das categorias.