ALERTA: A criminalidade e a violência crescem de forma assustadora no Brasil. Os policiais estão prendendo mais e aprendendo muitas armas de guerra e toneladas de drogas. A morte e a perda de acessibilidade são riscos presentes numa rotina estressante de retrabalho e sem continuidade na justiça. Entretanto, os governantes não reconhecem o esforço e o sacrifício, pagam mal, discriminam, enfraquecem e segmentam o ciclo policial. Os policiais sofrem com descaso, políticas imediatistas, ingerência partidária, formação insuficiente, treinamento precário, falta de previsão orçamentária, corrupção, ingerência política, aliciamento, "bicos" inseguros, conflitos, autoridade fraca, sistema criminal inoperante, insegurança jurídica, desvios de função, disparidades salariais, más condições de trabalho, leis benevolentes, falência prisional, morosidade dos processos, leniência do judiciário e impunidade que inutilizam o esforço policial e ameaçam a paz social.

sexta-feira, 11 de novembro de 2011

CORRUPÇÃO - SOLDADO DA BM INTRODUZIA CELULARES NO PRESÍDIO

Soldado levava celulares a presos - CORREIO DO POVO, 11/11/2011

Um soldado da Brigada Militar cedido à Força Tarefa que atua nos dois estabelecimentos prisionais sob responsabilidade da corporação - Penitenciária Estadual do Jacuí (PEJ) e Presídio Central -, foi preso quando tentava contrabandear celulares para dentro da prisão.

Ele foi flagrado na PEJ, com aparelhos e dinheiro.

Segundo a BM, o soldado receberia R$ 500,00.

O PM vinha sendo monitorado pelo Serviço de Inteligência da Brigada Militar.

O homem foi detido na noite de quarta-feira, mas o fato só foi divulgado ontem.

Agora, o soldado responderá a um IPM.

COMENTÁRIO DO BENGOCHEA - É uma vergonha para todos nós da gloriosa Brigada Militar.