ALERTA: A criminalidade e a violência crescem de forma assustadora no Brasil. Os policiais estão prendendo mais e aprendendo muitas armas de guerra e toneladas de drogas. A morte e a perda de acessibilidade são riscos presentes numa rotina estressante de retrabalho e sem continuidade na justiça. Entretanto, os governantes não reconhecem o esforço e o sacrifício, pagam mal, discriminam, enfraquecem e segmentam o ciclo policial. Os policiais sofrem com descaso, políticas imediatistas, ingerência partidária, formação insuficiente, treinamento precário, falta de previsão orçamentária, corrupção, ingerência política, aliciamento, "bicos" inseguros, conflitos, autoridade fraca, sistema criminal inoperante, insegurança jurídica, desvios de função, disparidades salariais, más condições de trabalho, leis benevolentes, falência prisional, morosidade dos processos, leniência do judiciário e impunidade que inutilizam o esforço policial e ameaçam a paz social.

sexta-feira, 7 de fevereiro de 2014

DELEGADO DE POLÍCIA, A CARREIRA COM MAIOR PERDA SALARIAL NO BRASIL

REVISTA VEJA 03/07/2013 - 10:46

Carreiras. As dez carreiras com maior perda salarial no Brasil

Estudo do Ipea analisou dados do período compreendido entre 2009 e 2012



Engenharia de alimentos está entre as profissões com maior perda salarial em pesquisa (Getty Images)

Delegados de polícia, chefes de cozinha, editores e engenheiros ambientais estão entre os cargos profissionais que registraram as maiores perdas salariais entre 2009 e 2012, segundo o estudo Radar – Tecnologia, Produção e Comércio Exterior, divulgado nesta quarta-feira pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). O levantamento comparou os salários de profissionais admitidos em janeiro de 2009 com os vencimentos dos contratados em dezembro de 2012.

A maior diferença constatada é relativa ao posto de delegado, que apresentou queda de 64,4%. Em seguida, aparecem engenheiros ambientais, com -52,6%.

Os dados foram extraídos do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho. Os valores foram atualizados para preços de dezembro de 2012, segundo o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). Dessa forma, excluiu-se o efeito da inflação no período.

Confira a seguir a lista das dez carreiras cujos salários iniciais sofreram maior redução:


Carreiras de nível superior com maiores perdas salariais no Brasil (2009-12)

Fonte: Radar – Tecnologia, Produção e Comércio Exterior, do Ipea


1º lugar - Delegados de polícia


Segundo o estudo, o salário médio dos profissionais admitidos em 2012 foi 64,4% inferior à média dos vencimentos dos contratados em 2009.