ALERTA: A criminalidade e a violência crescem de forma assustadora no Brasil. Os policiais estão prendendo mais e aprendendo muitas armas de guerra e toneladas de drogas. A morte e a perda de acessibilidade são riscos presentes numa rotina estressante de retrabalho e sem continuidade na justiça. Entretanto, os governantes não reconhecem o esforço e o sacrifício, pagam mal, discriminam, enfraquecem e segmentam o ciclo policial. Os policiais sofrem com descaso, políticas imediatistas, ingerência partidária, formação insuficiente, treinamento precário, falta de previsão orçamentária, corrupção, ingerência política, aliciamento, "bicos" inseguros, conflitos, autoridade fraca, sistema criminal inoperante, insegurança jurídica, desvios de função, disparidades salariais, más condições de trabalho, leis benevolentes, falência prisional, morosidade dos processos, leniência do judiciário e impunidade que inutilizam o esforço policial e ameaçam a paz social.

segunda-feira, 15 de julho de 2013

POLICIAIS CIVIS ACUSADOS DE CRIME EM SÃO PAULO


Operação busca policiais civis acusados de crimes em São Paulo. Grupo é acusado de roubo, corrupção e extorsão mediante sequestro, segundo o Ministério Público

15 de julho de 2013 | 10h 33

Luciano Bottini Filho - O Estado de S. Paulo


SÃO PAULO - A Secretaria de Segurança Pública e o Ministério Público realizam na manhã desta segunda-feira, 15, uma operação para desarticular um grupo de policiais civis que é acusado de roubo, corrupção e extorsão mediante sequestro. Foram expedidos ao menos 13 mandados de prisão e dois mandados de busca e apreensão em duas delegacias de São Paulo e uma em Campinas, segundo a Promotoria do Estado.

As investigações foram feitas pelo Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco) de São Paulo e Campinas. Ainda não foi confirmada nenhuma prisão. Os promotores do Gaeco e agentes da Secretaria de Segurança estão em diligências nesta manhã.