ALERTA: A criminalidade e a violência crescem de forma assustadora no Brasil. Os policiais estão prendendo mais e aprendendo muitas armas de guerra e toneladas de drogas. A morte e a perda de acessibilidade são riscos presentes numa rotina estressante de retrabalho e sem continuidade na justiça. Entretanto, os governantes não reconhecem o esforço e o sacrifício, pagam mal, discriminam, enfraquecem e segmentam o ciclo policial. Os policiais sofrem com descaso, políticas imediatistas, ingerência partidária, formação insuficiente, treinamento precário, falta de previsão orçamentária, corrupção, ingerência política, aliciamento, "bicos" inseguros, conflitos, autoridade fraca, sistema criminal inoperante, insegurança jurídica, desvios de função, disparidades salariais, más condições de trabalho, leis benevolentes, falência prisional, morosidade dos processos, leniência do judiciário e impunidade que inutilizam o esforço policial e ameaçam a paz social.

terça-feira, 4 de dezembro de 2012

POLICIAIS CIVIS MATAM PM À PAISANA EM SP

FOLHA.COM 04/12/2012 - 06h44

Grande São Paulo tem PM morto e cinco baleados

DE SÃO PAULO


Um policial militar à paisana foi morto e ao menos cinco pessoas baleadas na Grande São Paulo, na noite de segunda-feira (3). Um dos baleados não resistiu aos ferimentos morreu.

O PM foi morto por investigadores da Polícia Civil na rua Jequirituba, na região do Grajaú, zona sul de São Paulo, por volta das 21h40. Ele foi levado ao pronto-socorro do hospital do Grajaú, mas não resistiu aos ferimentos.

De acordo com informações iniciais, o PM estava de folga diante de um mercado quando foi abordado por três policiais civis à paisana em uma Parati. Pensando que fosse um ataque, o PM teria sacado sua arma e iniciado uma troca de tiros.

O caso será investigado por policiais do DHPP (Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa).

Em Barueri, duas pessoas foram baleadas na rua Casablanca, no Vale do Sol, em Barueri, na Grande São Paulo, por volta das 19h. Os dois baleados foram levados ao pronto-socorro Jardim Silveira, onde um deles morreu.

Por volta das 23h30 de ontem, uma pessoa foi encontrada baleada na rua Caetano Piccardi, no Parque Continental, e a outra na avenida Silvestre Pires de Freitas, na região do Jardim Paraíso, em Guarulhos. Elas foram levadas ao Hospital Municipal de Urgência e no pronto atendimento do Jardim Paraíso.

Na zona leste de São Paulo, outra pessoa foi encontrada baleada na rua dos Mururés, no Jardim Helena, por volta das 23h. Ela foi levada ao pronto-socorro do Hospital Tide Setúbal.

Eduardo Anizelli/Folhapress

Policiais militares isolam local onde PM à paisana foi morto por policiais civis na Grajaú, zona sul de SP



+ CANAIS