ALERTA: A criminalidade e a violência crescem de forma assustadora no Brasil. Os policiais estão prendendo mais e aprendendo muitas armas de guerra e toneladas de drogas. A morte e a perda de acessibilidade são riscos presentes numa rotina estressante de retrabalho e sem continuidade na justiça. Entretanto, os governantes não reconhecem o esforço e o sacrifício, pagam mal, discriminam, enfraquecem e segmentam o ciclo policial. Os policiais sofrem com descaso, políticas imediatistas, ingerência partidária, formação insuficiente, treinamento precário, falta de previsão orçamentária, corrupção, ingerência política, aliciamento, "bicos" inseguros, conflitos, autoridade fraca, sistema criminal inoperante, insegurança jurídica, desvios de função, disparidades salariais, más condições de trabalho, leis benevolentes, falência prisional, morosidade dos processos, leniência do judiciário e impunidade que inutilizam o esforço policial e ameaçam a paz social.

sábado, 22 de dezembro de 2012

BLUE BLOODS



RECOMENDO ASSISTIR ESTA SÉRIE

A série narra as aventuras e dilemas de uma família de policiais do NYPD tendo como membros o Comissário Chefe de Polícia e uma promotora pública. Vale pela "discussão moral de questões complexas" e pelas dificuldades e mazelas que envolvem uma corporação policial que funciona no ciclo completo e que também sofre a ingerência política e os problemas internos comuns a toda organização policial.




Blue Bloods  é uma série de televisão americana policial e de drama exibida na CBS, filmada em locações em Nova York. A série estreou dia 24 de setembro de 2010 nos EUA, e estreou dia 19 de fevereiro de 2011 no Brasil.

Sinopse

Uma família composta por membros que trabalham a favor da lei, cada um à sua maneira: o avô era policial, o pai também o é, um dos filhos é um policial que gosta de usar a violência nos interrogatórios, o outro filho é um recém-saído da academia de polícia e a filha é uma advogada do Estado. Nada os detém na hora de fazerem justiça e a sua ocupação é mais do que um trabalho: é uma questão de família.

Produção

Selleck disse que foi atraído para o projeto por causa do roteiro piloto forte e que ele estava preocupado se envolver em uma série contínua, porque ele não quer comprometer seu compromisso com a da televisão e cinema. Revisores elogiaram a série sobre a filmagem em locação. O New York Daily News elogiou o desempenho Selleck como Frank Reagan. Eles também destacaram a cena do jantar de família como positivo e elogiou a introdução da discussão moral de questões complexas.


Elenco principal
Tom Selleck como Francis "Frank" Reagan, Comissário de Polícia e pai de Danny, Erin, e Jamie.
Donnie Wahlberg como Daniel Danny "Reagan", o detetive
Bridget Moynahan como Erin Reagan-Boyle promotor assistente,
Will Estes como Jamison "Jamie" Reagan, estreante Policial
Len Cariou como Henry Reagan, o comissário de polícia aposentado e pai de Frank.
Jennifer Esposito como Jackie Curatola, novo parceiro Danny.

NOTA: DADOS DO WIKIPÉDIA.