ALERTA: A criminalidade e a violência crescem de forma assustadora no Brasil. Os policiais estão prendendo mais e aprendendo muitas armas de guerra e toneladas de drogas. A morte e a perda de acessibilidade são riscos presentes numa rotina estressante de retrabalho e sem continuidade na justiça. Entretanto, os governantes não reconhecem o esforço e o sacrifício, pagam mal, discriminam, enfraquecem e segmentam o ciclo policial. Os policiais sofrem com descaso, políticas imediatistas, ingerência partidária, formação insuficiente, treinamento precário, falta de previsão orçamentária, corrupção, ingerência política, aliciamento, "bicos" inseguros, conflitos, autoridade fraca, sistema criminal inoperante, insegurança jurídica, desvios de função, disparidades salariais, más condições de trabalho, leis benevolentes, falência prisional, morosidade dos processos, leniência do judiciário e impunidade que inutilizam o esforço policial e ameaçam a paz social.

terça-feira, 18 de junho de 2013

SELVAGERIA CONTRA OS CAVALOS DA BM

GRUPO ORDEM E LIBERDADE,


Marlon Willrich 18 de Junho de 2013 19:16

`Peço licença para me dirigir aos repórteres e jornalisatas de plantão.

Uso desta página respeitada, para informar para quem ainda não saiba, e possa eventualmente cair no esquecimento, que no 4º RPMont, estão sendo tratados cerca de 30 cavalos agredidos com garrafas de vidro, ferro, pedras e paus.

Tem um em estado deplorável, ferido na cima de uma parte vital, qual seja, acima de seu focinho. Isso mesmo, na cara logo acima de seu focinho, local este que é bastante crítico e pode levar qualquer equino equino à morte.

Agora por qual razão esta selvageria contra estes animais? Também ameaçavam os manifestantes?

Tem culpa do quebra quebra?
Tem culpa pelo preço das passagens?
Tem culpa dos cortes das árvores, para obras da copa?

Em que os animais contribuiram para serem agredidos desta forma?
Quais as providências do Estado para evitar que isso se repita?
Como a Brigada vai operar sem sua ferramenta de trabalho, que é um ser vivo, digno de respito, e patrimônio público?

Seria demais dizer que custaram caro sua aquisição para o erário, sua manutenção, para ao final de um distúrbio que perdeu sua razão de ser, guindado para a bederna, arruaça, invasão e destuição de propriedade privada. Onde está a culpa dos animais e o que justifica estas agressões CONTRA OS ANIMAIS?

Existem limites para tudo, e por esta razão, os animais pelo menos devem ser poupados desta covardia.

Manifetantes, vocês podem se manifestar, mas deixem de lado a covardia desenfreada, e o prejuízo causado para quem como vocês precisa trabalhar para ter uma vida digna.

Quem agride animais daquela forma, quase que mortalmente pelo senso vingativo, de igual forma não merece viver, pois a sociedade não tem lugar mais para ser oprimida, e nosso patrimônio depredado, e policiais militares, trabalhadores e pais de famílias que não tem culpa de terem que cumprir ordens, eles sentem, se ferem e não estão reagindo de forma proporcional a grave agressão sofrida. Ou já esqueceram que manifestantes levaram um policial ao estado vegetativo? Chega!!