ALERTA: A criminalidade e a violência crescem de forma assustadora no Brasil. Os policiais estão prendendo mais e aprendendo muitas armas de guerra e toneladas de drogas. A morte e a perda de acessibilidade são riscos presentes numa rotina estressante de retrabalho e sem continuidade na justiça. Entretanto, os governantes não reconhecem o esforço e o sacrifício, pagam mal, discriminam, enfraquecem e segmentam o ciclo policial. Os policiais sofrem com descaso, políticas imediatistas, ingerência partidária, formação insuficiente, treinamento precário, falta de previsão orçamentária, corrupção, ingerência política, aliciamento, "bicos" inseguros, conflitos, autoridade fraca, sistema criminal inoperante, insegurança jurídica, desvios de função, disparidades salariais, más condições de trabalho, leis benevolentes, falência prisional, morosidade dos processos, leniência do judiciário e impunidade que inutilizam o esforço policial e ameaçam a paz social.

terça-feira, 18 de junho de 2013

POLICIAIS E PATRIMÔNIO PÚBLICO SÃO ATACADOS POR ATIVISTAS


Vídeos mostram ataque à Assembleia Legislativa e reação da polícia.Grupo cercou policiais na entrada e na rua lateral do Palácio Tiradentes. Ativistas incendiaram carros e depredaram patrimônio público. PMs deram tiros para o alto para dispersar manifestantes

O GLOBO
Atualizado:18/06/13 - 9h39

Os manifestantes começaram a confusão generalizada, mirando fogos de artifício nos cerca de 50 policias que faziam um cordão de isolamento em frente ao prédio
CHRISTOPHE SIMON / AFP


RIO - O protesto contra o aumento das tarifas de ônibus, que levou cerca de 100 mil pessoas ao Centro do Rio em ato pacífico, da Candelária à Cinelândia, teve um fim violento na noite de segunda-feira, quando um grupo de manifestantes atacou o prédio da Assembleia Legislativa (Alerj). Uma série de vídeos publicados na internet mostra ativistas armados com pedras e coquetéis molotov, acuando os PMs que faziam a proteção da fachada do Palácio Tiradentes. Em menor número, os policiais buscaram proteção dentro da Alerj. Um outro grupo de PMs, que patrulhava o entorno da Praça XV, também foi atacado pelos manifestantes. Com escudos, os policiais tentavam se proteger das pedradas. Alguns policiais deram tiros de fuzil e pistola para o alto, na tentativa de afastar e dispersar os ativistas.

Clique nos links abaixo e assista aos vídeos:

1) Vídeo mostra ataque à Alerj e reação da polícia

http://globotv.globo.com/rede-globo/bom-dia-rio/t/edicoes/v/imagens-mostram-ataque-a-policiais-na-alerj/2640313/

2) PMs são encurralados por manifestantes no Centro do Rio

<iframe width="560" height="315" src="http://www.youtube.com/embed/A2D_9oN7y-M" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>