ALERTA: A criminalidade e a violência crescem de forma assustadora no Brasil. Os policiais estão prendendo mais e aprendendo muitas armas de guerra e toneladas de drogas. A morte e a perda de acessibilidade são riscos presentes numa rotina estressante de retrabalho e sem continuidade na justiça. Entretanto, os governantes não reconhecem o esforço e o sacrifício, pagam mal, discriminam, enfraquecem e segmentam o ciclo policial. Os policiais sofrem com descaso, políticas imediatistas, ingerência partidária, formação insuficiente, treinamento precário, falta de previsão orçamentária, corrupção, ingerência política, aliciamento, "bicos" inseguros, conflitos, autoridade fraca, sistema criminal inoperante, insegurança jurídica, desvios de função, disparidades salariais, más condições de trabalho, leis benevolentes, falência prisional, morosidade dos processos, leniência do judiciário e impunidade que inutilizam o esforço policial e ameaçam a paz social.

quinta-feira, 8 de maio de 2014

HOMEM INVADE DESTACAMENTO, ROUBA PISTOLA E DISPARA SETE TIROS CONTRA SGT PM

CORREIO DO POVO 08/05/2014 10:41

Homem rouba pistola e dispara sete tiros contra sargento. Posto da BM de Coxilha foi alvo de assalto inusitado




Assaltante foi preso em flagrante com a arma roubada e o aparelho de dar choques
Crédito: Acácio Silva / Especial / CP


Um homem de 34 anos foi preso em flagrante na noite dessa quarta após um assalto audacioso ao posto da Brigada Militar em Coxilha, na região Norte do Estado. Por volta das 22h, o suspeito chegou ao local, supostamente para pedir informações, em seguida anunciou o assalto e feriu o sargento João Adalberto da Rosa, 46 anos, com um tiro.

Inicialmente, o homem perguntou como deveria proceder para registrar a perda de documentos e foi orientado a procurar a Delegacia de Pronto Atendimento da Policia Civil em Passo Fundo. O assaltante, então, perguntou ao policial, que estava sozinho no posto, se ele tinha o número do telefone de um taxista para poder se descolar até Passo Fundo. Ao se virar para pegar o contato, o sargento foi surpreendido pelo assaltante.

Com um aparelho de choque, o criminoso deu três descargas elétricas no sargento, que caiu. Eles entraram em luta corporal, mas o homem pegou a pistola calibre 40 que estava com o sargento e atirou, fugindo em seguida. O oficial ainda tentou disparou contra o suspeito com espingarda calibre 12, mas acabou sendo alvejado com pelo menos sete disparos com sua própria arma. Um dos tiros atingiu o sargento de raspão na cabeça. O policial foi socorrido e conduzido para o hospital da Cidade (HC), em Passo Fundo, enquanto várias guarnições saíram em perseguição ao assaltante, que havia fugido em um Ford Escort com placas de Lagoa Vermelha.

O veículo foi localizado na BR 153, a Transbrasiliana, entroncamento com a BR 285, e depois de uma perseguição de dez quilômetros, foi interceptado. O assaltante foi preso com a arma roubada e o aparelho de dar choques. O motorista do veículo em que o assaltante foi pego era um homem de 29 anos, de Lagoa Vermelha, que havia sido feito de refém pelo criminoso. Durante o assalto ao posto da BM, ele foi deixado amarrado no carro e após foi obrigado a dirigir.

O assaltante foi autuado em flagrante pela delegada Raquel Kolberg, por tentativa de latrocínio e recolhido ao presídio regional de Passo Fundo. O homem já tinha longa ficha de antecedentes por roubo a mão armada e, inclusive, estava com mandado de prisão expedido pela justiça. O sargento João Adalberto da Rosa foi medicado e, após algumas horas em observação, foi liberado.


Fonte: Acácio Silva / Correio do Povo