ALERTA: A criminalidade e a violência crescem de forma assustadora no Brasil. Os policiais estão prendendo mais e aprendendo muitas armas de guerra e toneladas de drogas. A morte e a perda de acessibilidade são riscos presentes numa rotina estressante de retrabalho e sem continuidade na justiça. Entretanto, os governantes não reconhecem o esforço e o sacrifício, pagam mal, discriminam, enfraquecem e segmentam o ciclo policial. Os policiais sofrem com descaso, políticas imediatistas, ingerência partidária, formação insuficiente, treinamento precário, falta de previsão orçamentária, corrupção, ingerência política, aliciamento, "bicos" inseguros, conflitos, autoridade fraca, sistema criminal inoperante, insegurança jurídica, desvios de função, disparidades salariais, más condições de trabalho, leis benevolentes, falência prisional, morosidade dos processos, leniência do judiciário e impunidade que inutilizam o esforço policial e ameaçam a paz social.

terça-feira, 27 de maio de 2014

GOVERNO IMPEDE QUE BELTRAME SEJA INQUIRIDO NA ALERJ




BLOG DO PAUL, 22, 05/2014

Uma ação própria das ditaduras.


 Paulo Ricardo Paúl


O Secretário de Segurança Pública Beltrame está sendo acusado pelo Ministério Público, após investigar durante 5 (cinco) anos fatos denunciados pelo organizador desse espaço democrático (Coronel PM Ref Paúl), de improbidade administrativa e de superfaturamento em dois contratos de terceirização da compra e da manutenção de viaturas da PM. O Ministério Público requer a devolução de R$ 134 milhões e a perda da função pública de Beltrame, diante dos robustos indícios e das gravíssimas acusações.

Pior, foram celebrados outros contratos nas mesmas condições, ou seja, o blo vai crescer ainda mais.
Os deputados estaduais da Comissão de Segurança da ALERJ cumpriram o seu dever e convocaram Beltrame para prestar esclarecimentos.

O depoimento seria no dia 3 de junho de 2014.

Ontem, o Coronel PM Paúl esteve na ALERJ e confirmou para um dos integrantes da comissão que estaria presente na audiência pública, não só por ter sido o denunciante, mas por conhecer bem o problema.
O líder do governo, deputado André Correa, tentou anular a convocação, mas não conseguiu.

Apesar disso, o Presidente da ALERJ, aliado do governo Cabral-Pezão, anulou a convocação, usando uma filigrana regimental.

Perguntamos: o interesse público é pleno esclarecimento dos fatos?

Sim, o fato envolve milhões do nosso dinheiro.

A convocação inclusive era uma oportunidade do Secretário Beltrame se defender das acusações.

Perguntamos: o interesse do governo é o pleno esclarecimento dos fatos?

Não, o governo quer impedir que o Secretário Beltrame seja inquirido.

Por que?

O que teme o governo Cabral-Pezão?

Teme a verdade.

Diante dessa realidade, dominando a ALERJ, o governo Cabral-Pezão blindou o Secretário de Segurança Beltrame.

O povo?

O povo que se dane!

Em apertada síntese, o governo Cabral-Pezão está tentando esconder o Secretário Beltrame.

Isso é autoritarismo!
Isso é ditadura de terno e gravata!
Isso é a desmoralização completa da ALERJ.


Juntos Somos Fortes!

Postado por Paulo Ricardo Paúl
http://blogcoronelpaul.blogspot.com.br/2014/05/ditadura-governo-pezao-impede-que.html