ALERTA: A criminalidade e a violência crescem de forma assustadora no Brasil. Os policiais estão prendendo mais e aprendendo muitas armas de guerra e toneladas de drogas. A morte e a perda de acessibilidade são riscos presentes numa rotina estressante de retrabalho e sem continuidade na justiça. Entretanto, os governantes não reconhecem o esforço e o sacrifício, pagam mal, discriminam, enfraquecem e segmentam o ciclo policial. Os policiais sofrem com descaso, políticas imediatistas, ingerência partidária, formação insuficiente, treinamento precário, falta de previsão orçamentária, corrupção, ingerência política, aliciamento, "bicos" inseguros, conflitos, autoridade fraca, sistema criminal inoperante, insegurança jurídica, desvios de função, disparidades salariais, más condições de trabalho, leis benevolentes, falência prisional, morosidade dos processos, leniência do judiciário e impunidade que inutilizam o esforço policial e ameaçam a paz social.

quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

PERSEGUIÇÃO - CARRO EM FUGA ATROPELA 11 PESSOAS


Onze pessoas são atropeladas durante perseguição policial no Brás. Suspeito acelerou o veículo ao perceber aproximação de uma viatura; dois suspeitos foram detidos - 30 de dezembro de 2010 - Solange Spigliatti, do estadao.com.br

SÃO PAULO - Onze pessoas foram atropeladas no início desta quinta-feira, 30, durante uma perseguição policial, na região do Brás, no centro de São Paulo, segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET). O acidente aconteceu por volta das 5h30, na Rua Monsenhor de Andrade, perto da Rua São Caetano.

O carro conduzido por um suspeito ficou desgovernado e atingiu os pedestres que estavam na calçada, deixando 11 pessoas feridas. A rua está interditada e a CET montou um desvio pela Rua Elisa Witacker.

De acordo com a Polícia Militar, a perseguição começou quando os três homens, que estavam dentro do carro acidentado, avistaram uma viatura da polícia e aumentaram a velocidade do veículo.

O carro ficou desgovernado e atingiu um poste e os pedestres. O carro não tem queixa de furto ou roubo, segundo a PM. Os suspeitos fugiram a pé e duas pessoas foram detidas para averiguação. O caso foi registrado no 2ºDP.