ALERTA: A criminalidade e a violência crescem de forma assustadora no Brasil. Os policiais estão prendendo mais e aprendendo muitas armas de guerra e toneladas de drogas. A morte e a perda de acessibilidade são riscos presentes numa rotina estressante de retrabalho e sem continuidade na justiça. Entretanto, os governantes não reconhecem o esforço e o sacrifício, pagam mal, discriminam, enfraquecem e segmentam o ciclo policial. Os policiais sofrem com descaso, políticas imediatistas, ingerência partidária, formação insuficiente, treinamento precário, falta de previsão orçamentária, corrupção, ingerência política, aliciamento, "bicos" inseguros, conflitos, autoridade fraca, sistema criminal inoperante, insegurança jurídica, desvios de função, disparidades salariais, más condições de trabalho, leis benevolentes, falência prisional, morosidade dos processos, leniência do judiciário e impunidade que inutilizam o esforço policial e ameaçam a paz social.

segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

META 2011 - SE REDUZIR MORTES, SALÁRIO PM AUMENTA NO RIO


Governo do Rio promete aumentar salário se PM reduzir mortes - JORNAL DO BRASIL, 27/12/2010

RIO - A Secretária de Segurança do Rio de Janeiro vai instituir metas, a partir de 2011, para aumentar o salário da Polícia Militar. O bônus será uma premiação para a redução de mortes provocadas por confrontos, segundo a edição desta segunda do jornal Folha de S. Paulo.

Cerca de R$ 17 milhões foram dados a policiais por metas alcançadas há um ano e meio pela redução de homícidios, roubos de veículos, na rua. A média de autos de resistências no Estado é de cerca de dois casos por dia.