ALERTA: A criminalidade e a violência crescem de forma assustadora no Brasil. Os policiais estão prendendo mais e aprendendo muitas armas de guerra e toneladas de drogas. A morte e a perda de acessibilidade são riscos presentes numa rotina estressante de retrabalho e sem continuidade na justiça. Entretanto, os governantes não reconhecem o esforço e o sacrifício, pagam mal, discriminam, enfraquecem e segmentam o ciclo policial. Os policiais sofrem com descaso, políticas imediatistas, ingerência partidária, formação insuficiente, treinamento precário, falta de previsão orçamentária, corrupção, ingerência política, aliciamento, "bicos" inseguros, conflitos, autoridade fraca, sistema criminal inoperante, insegurança jurídica, desvios de função, disparidades salariais, más condições de trabalho, leis benevolentes, falência prisional, morosidade dos processos, leniência do judiciário e impunidade que inutilizam o esforço policial e ameaçam a paz social.

sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

POLÍCIA CIVIL RS - SATISFAÇÃO DO GAÚCHO

Em 04/08/2008, ZERO HORA realizou enquete sobre desempenho da Polícia Civil. Esta matéria é importante pois deixa claro o sucateamento, a desvalorização salarial e o esfacelamento que fomentam a inoperância da polícia judiciária do Rio Grande do Sul.

Você está satisfeito com o desempenho da Polícia Civil no Estado?

MINHA OPINIÃO NA ÉPOCA.

A Polícia Civil não pode ser culpada pela inoperância do sistema de ordem pública vigente no Brasil. Nele, a PC se transformou em uma instituição burocrata, dividida nas suas atribuições investigativas, depreciada nos salários, dependente no orçamento, desmobilizada em pessoal e tecnologia, refém de interesses partidários, distanciada da justiça, desacreditada pela sociedade e com rotina de retrabalhos. Todos estes fatores tolhem a sua capacidade na preservação da ordem pública. Jorge Bengochea, Porto Alegre - RS - Brasil , 04/08/2008 - 09:06

OPINIÃO DOS LEITORES:

Satisfeito diante aos números. Vejamos, se o efetivo da PC é de 40% do previsto e tem produção em torno de 50% a 60% da demanda, o resultado apurado em pesquisa é satisfatório, considerando-se as condições materiais e humanas estendidas pelo Estado . Basta entender um pouco de regra sabe estes mesmos autores da matéria A POLICIA EM XEQUE decidirem agora pela publicação de matéria jornalistica mostrando o salário destes Profissionais de Polícia, traçando paralelamente um comparativo salarial com os servidores dos demais poderes e requisitos para ingresso na função pública?.. Neste Pais onde se busca a Igualdade Social, consequentemente com o tratamento igualitário de seus membros, quem sabe propor uma reunião com os Servidores Públicos dos três Poderes com o propósito de dividir o BOLO arrecadatório do Estado, afinal o caixa único é um só??? Não deixa de ser uma idéia Senhores de se promover a auto-estima dos Policiais, lhes remunerando merecidamente???? Sergio Fernandes Fernandes . Santa Cruz do Sul - RS - Brasil ; 04/08/2008 - 11:36

OS POLÍCIAIS CIVIS COMO DE RESTO TODOS OS SERVIDORES PÚBLICOS, ESTÃO COM DIFICULDADES EM PAGAR SUAS CONTAS POR CONTA DOS BAIXOS SALÁRIOS. PAI DE FAMÍLIA SEM CONDIÇÕES DE DAR AOS SEUS UMA VIDA DIGNA E AINDA POR CIMA TER QUE ARRISCAR A VIDA É A UNIÃO DE DOIS INGREDIENTES PARA GERAR O CAOS EM QUALQUER SITUAÇÃO. PROFESSORES, AGENTES DE SAÚDE, ETC... E ENQUANTO ISSO A CORRUPÇÃO CORRE SOLTA OS CARGOS PARA APADRINHADOS EM QUALQUER INSTÂNCIA (FEDERAL, ESTADUAL E MUNICIPAL) SÓ AUMENTA. E AQUELAS PESSOAS QUE SE PREPARARAM, FIZERAM CONCURSO FICAM SUJEITOS AS ORDENS DE PESSOAS SEM QUALIFICAÇÃO E SEM CONHECIMENTO. ASSIM NÃO DÁ. Bilí Alves, POA - RS - Brasil , 04/08/2008 - 10:02

Nenhuma policia civil é eficiente ( no BR),nem mesmo com o apoio da PM.Há falhas por falta da atenção do governo.Arriscam a vida todo o dia. A civil é a mais defasada e + castigada,em todos sentidos.Falar mal da polícia,é acusar diretamente o Estado pelo desleixo e pouca importância que dá.O Estado só sabe "quebrar o galho".Policia civil hoje é considerada e julgada pela maioria, uma corja de corruptos, mas é aquilo que o gov.dá e oferece à ela.Todos só veem os defeitos,e não suas deficiências em tudo:quantidade, qualidade, apôio téc.cursos,armamento,equipamentos de proteção, treinamento,viaturas,remuneração,etc.Melhor ter uma péssima, que nenhuma. São vitimas de má administração pública, mais nada.E a maioria é séria,honesta,trabalhadora.Nunca nos vão dar proteção dia e noite.Não tem como!Ela faz até demais. Espere nunca precisar dela, e nem nada do que o gov.administra. rubens ciro, pato branco - PR - Brasil; 04/08/2008 - 09:12

Maximizar o trabalho policial é deixar de criar delegacias e sim fortalecer delegacias especializadas, valorizar todo o profissional e não um profissional, como anda ocorrendo. Chefes devem ganhar FGs com em todos lugares (principalmente assembléia). A PF somente cresceu quando foi valorizada e deixou de ser politica, o que não é o nosso caso. sidnei dos santos , arroio do meio - RS - Brasil, 04/08/2008 - 00:02

A Polícia Civil faz o que pode, levando-se em conta que trabalha com policiais em nº insuficiente, que ganham pouco, e não têm os recursos materiais necessários. Entretanto, só teremos menos violência e criminalidade se todos os setores envolvidos fizerem a sua parte: os legisladores pararem de produzir leis que só trazem benefícios aos criminosos (como a que permite saírem com apenas uma pequena parte da pena cumprida); os governantes atacando os problemas sociais com eficácia, corrigindo os salários dos policiais, dando-lhes meios para executarem seu trabalho, construindo presídios suficientes, que não obriguem os juízes a soltarem presos por não terem onde mantê-los; a Polícia Militar dando prioridade ao policiamento nas ruas (o que não se vê quase, desde que os serviços de trânsito passaram à EPTC); a Polícia Civil corrigindo suas falhas internas; o Ministério Público aproveitando que conhece a realidade para propor ações judiciais destinadas a resolver as questões anteriores. Luiz Heitor França , Porto Alegre - RS - Brasil, 03/08/2008 - 17:28

Não estou satisfeito. Pois o que falta é um comprometimento maior, ética no trabalho, um salário digno para os mesmos; Só assim a sociedade estará satisfeita com o desempenho dos Policiais Civis. Felipe Spuldaro , Marau - RS - Brasil , 03/08/2008 - 10:32

Li as reportagem da ZH toda a semana, quero dizer que a PC possui 40% do efetivo e se esta fazendo 50% dos inqueritos esta fazendo muito, não possui salário, plano de carreira e aposentadoria, as viaturas são verdadeiras sucatas, computadores são antigos e as DPs só funcionam porque os proprios policiais andam de chapeu na mão pedindo para a comunidade, porque o ESTADO que é o verdadeiro responsavel não fornece o material. A PC só age depois do crime ocorrido ou seja depois que a BM não pode evitar, até porque a BM esta com efetivo reduzido, mas agora o Cel comandante achou pessoal para tomar conta das penitenciarias. Vamos exclarecer que enquanto a PC trabalha em predios caindo os pedaços outros vivem em palacios, com todo o conforto e usando funcionarios da PC nas chamadas força terefa, que investigam apenas um caso, enquanto a PC tem que investigar até furto de galinha. Lauro Machado de Oliveira , São Lourenço do Sul - RS - Brasil , 03/08/2008 - 10:31

Concordo com o Carlos Alberto. A nossa PC é boa. Mas a sociedade precisa dizer que Polícia deseja. Contemplativa e omissa, ou ágil e eficiente? Essa decisão está na mão dessa sociedade que tolera seu filho de 13 anos fumando maconha e crack, ou que vai no parque vê o delito e nada faz. Para essa sociedade a PC é excepcional!Lembrando que a PC não investiga 4 anos uma pessoa, ela trabalha depois do delito, em dois ou três dias apresenta o criminoso preso, vide o caso de N Hamburgo. RAFAEL LUFT , PORTO ALEGRE - RS - Brasil , 03/08/2008 - 10:02

Não é uma questão de estar satisfeito ou não. A pergunta deveria ser a seguinte: É esta a polícia que queremos? A resposta certamente será não. A partir desta premissa é que devemos dicutir com seriedade o problema. Não existe mágica. Sem planejamento a médio e longo prazos e fortes investimentos (salários dignos, treinamento, equipamento, seleção, etc)é que poderemos ter uma polícia ideal. A nossa apesar de todas as mazelas é boa, graças ao esforço dos bons policiais. Carlos Alberto, MichaLOWSKI Ribeiro , Imbé - RS - Brasil , 02/08/2008 - 18:23

Os policiais civis são mais uma classe da segurança pública que está com seu efetivo defasado e trabalha em condições precárias.não tem salários decentes e são vistos na maioria das vêzes pela sociedade hipócrita,como corruptos.Pois conheço muitos policiais civis e sei que são chefes de família e honestos.E, laranjas podres existem em qualquer instituíção.Na minha ótica,os policiais tanto da militar e da civil fazem o que podem,pois estão totalmente desestruturados em todos os sentidos.Governadora do estado,olhem por todas as instituíções da segurança,melhore seus salários,há policiais que todo o dia prendem marginais e muitas vêzes morrem no cumprimento do dever.Não sejamos incoerêntes,os policiais do nosso estado são dignos e estamos contente com seus trabalhos,pois fazem muito pelo que ganham e nos noticiários e jornais vemos todos os dias,a polícia trabalhando e prendendo quadrilhas de deliquentes.Se estou enganado que me critiquem. carlos alberto rodrigues neves neves , porto alegre - RS - Brasil , 02/08/2008 - 16:18