ALERTA: A criminalidade e a violência crescem de forma assustadora no Brasil. Os policiais estão prendendo mais e aprendendo muitas armas de guerra e toneladas de drogas. A morte e a perda de acessibilidade são riscos presentes numa rotina estressante de retrabalho e sem continuidade na justiça. Entretanto, os governantes não reconhecem o esforço e o sacrifício, pagam mal, discriminam, enfraquecem e segmentam o ciclo policial. Os policiais sofrem com descaso, políticas imediatistas, ingerência partidária, formação insuficiente, treinamento precário, falta de previsão orçamentária, corrupção, ingerência política, aliciamento, "bicos" inseguros, conflitos, autoridade fraca, sistema criminal inoperante, insegurança jurídica, desvios de função, disparidades salariais, más condições de trabalho, leis benevolentes, falência prisional, morosidade dos processos, leniência do judiciário e impunidade que inutilizam o esforço policial e ameaçam a paz social.

terça-feira, 5 de agosto de 2014

NUMA ABORDAGEM, DOIS POLICIAIS MILITARES SÃO EXECUTADOS NO PARANÁ

CGN/Guia Medianeira 05/08/2014 às 07h06min

Bruno Silva


Policiais militares são mortos em Medianeira. Os policiais foram identificados Diego Araújo e Jorge Fonseca...

Crédito: Guia Medianeira

Dois policiais militares foram mortos na noite desta segunda-feira (04), no Centro da cidade de Medianeira, no Oeste do Paraná.

Ainda não há informações exatas de como eles foram baleados. Testemunhas contaram que os dois PMs faziam uma abordagem quando foram alvejados pelos tiros, no entanto, a informação ainda é extraoficial.

A Polícia Militar de toda a região está mobilizada e em conjunto com outras forças de segurança realiza buscas aos autores do crime.

Os assassinos estavam em um Honda Fit prata. O veículo foi abandonado em Ramilândia. Uma família teria sido feita refém e os bandidos roubaram um Honda Civic para fugir, em São Miguel do Iguaçu. O Civic foi abandonado posteriormente próximo ao Portão do Ocoy, distrito de Missal.

Os policiais foram identificados Diego Araújo e Jorge Fonseca.

Últimas informações

O Serviço Reservado (P2) do 5º Comando Regional da Polícia Militar desmentiu nesta madrugada (5) alguns boatos que surgiram a respeito de um suposto confronto com policiais no qual um homem, identificado apenas como Alfeu, teria sido morto. E, também, sobre o caso em que uma família teria sido feita refém por bandidos armados e que teriam ligação com o crime que vitimou os policiais.

As informações confirmadas até o momento são que um grupo de suspeitos foi detido e presta esclarecimentos na Delegacia de Polícia Civil de Medianeira.