ALERTA: A criminalidade e a violência crescem de forma assustadora no Brasil. Os policiais estão prendendo mais e aprendendo muitas armas de guerra e toneladas de drogas. A morte e a perda de acessibilidade são riscos presentes numa rotina estressante de retrabalho e sem continuidade na justiça. Entretanto, os governantes não reconhecem o esforço e o sacrifício, pagam mal, discriminam, enfraquecem e segmentam o ciclo policial. Os policiais sofrem com descaso, políticas imediatistas, ingerência partidária, formação insuficiente, treinamento precário, falta de previsão orçamentária, corrupção, ingerência política, aliciamento, "bicos" inseguros, conflitos, autoridade fraca, sistema criminal inoperante, insegurança jurídica, desvios de função, disparidades salariais, más condições de trabalho, leis benevolentes, falência prisional, morosidade dos processos, leniência do judiciário e impunidade que inutilizam o esforço policial e ameaçam a paz social.

sexta-feira, 1 de março de 2013

POR "DETERMINAÇÃO" DA JUSTIÇA, BM VAI VIGIAR PICHADOR






ZERO HORA 01/03/2013 | 18h33

Vandalismo

Justiça determina recolhimento domiciliar de pichador. Ismael Francisco de Souza deverá ficar em casa entre as 24h e as 6h


A Justiça determinou nesta sexta-feira o recolhimento domiciliar de Ismael Francisco de Souza, conhecido pichador da Capital, entre as 24h e as 6h. Conforme a determinação, a fiscalização se dará com o apoio da Brigada Militar.

O pichador foi detido em janeiro de 2013 no centro de Porto Alegre, mesmo após ter despencado da fachada de um prédio residencial de 20 metros de altura em dezembro de 2011, e de ter sofrido uma série de fraturas. Até então, ele já havia pichado o prédio em outra oportunidade e havia sido responsável por atos de vandalismo em pelo menos sete estabelecimentos da Capital.

A decisão acolhe o pedido de medida cautelar da Promotoria de Defesa do Meio Ambiente de Porto Alegre. Os Promotores de Justiça Alexandre Saltz e Ana Maria Marchesan, explicam que o objetivo é "resguardar o meio ambiente (paisagem e estética urbana), bem como o patrimônio público e a garantia da ordem pública, inibindo a prática delitiva".

COMENTÁRIO DO BENGOCHEA - É, a BM é a Geni.