ALERTA: A criminalidade e a violência crescem de forma assustadora no Brasil. Os policiais estão prendendo mais e aprendendo muitas armas de guerra e toneladas de drogas. A morte e a perda de acessibilidade são riscos presentes numa rotina estressante de retrabalho e sem continuidade na justiça. Entretanto, os governantes não reconhecem o esforço e o sacrifício, pagam mal, discriminam, enfraquecem e segmentam o ciclo policial. Os policiais sofrem com descaso, políticas imediatistas, ingerência partidária, formação insuficiente, treinamento precário, falta de previsão orçamentária, corrupção, ingerência política, aliciamento, "bicos" inseguros, conflitos, autoridade fraca, sistema criminal inoperante, insegurança jurídica, desvios de função, disparidades salariais, más condições de trabalho, leis benevolentes, falência prisional, morosidade dos processos, leniência do judiciário e impunidade que inutilizam o esforço policial e ameaçam a paz social.

quinta-feira, 24 de abril de 2014

EM RONDA OPERACIONAL, SGT PM É FERIDO EM TROCA DE TIROS

CORREIO DO POVO 24/04/2014 07:54


Dico Reis / Rádio Guaíba

PM é ferido em troca de tiros na zona Norte de Porto Alegre. Sargento fazia ronda no bairro Passo das Pedras quando foi atingido



Um policial do 20º Batalhão de Polícia Militar ficou ferido depois de um tiroteio no bairro Passo das Pedras, na zona Norte de Porto Alegre. Uma guarnição da Brigada Militar (BM) realizava uma ronda no final da noite dessa quarta-feira quando foi recebida a tiros por dois homens.

Por volta das 23h, os policiais militares perceberam um homem em atitude suspeita, armado com uma pistola. No mesmo local, atrás de uma árvore, um segundo suspeito percebeu a presença da viatura e começou a atirar contra o carro da BM, ferindo um sargento que participava da ronda. Ele foi encaminhado ao Hospital Cristo Redentor, onde foi operado e não corre risco de morrer.

Incêndio suspeito

Já no começo da madrugada desta quinta-feira, um incêndio foi registrado nas imediações do local do tiroteio. O Corpo de Bombeiros foi acionado para combater as chamas que atingiram parte de uma casa, na rua Comandante Caleffi. Testemunhas afirmaram que os suspeitos que participaram da troca de tiros teriam relação com a residência. A BM está à procura dos homens que dispararam contra os policiais militares.