ALERTA: A criminalidade e a violência crescem de forma assustadora no Brasil. Os policiais estão prendendo mais e aprendendo muitas armas de guerra e toneladas de drogas. A morte e a perda de acessibilidade são riscos presentes numa rotina estressante de retrabalho e sem continuidade na justiça. Entretanto, os governantes não reconhecem o esforço e o sacrifício, pagam mal, discriminam, enfraquecem e segmentam o ciclo policial. Os policiais sofrem com descaso, políticas imediatistas, ingerência partidária, formação insuficiente, treinamento precário, falta de previsão orçamentária, corrupção, ingerência política, aliciamento, "bicos" inseguros, conflitos, autoridade fraca, sistema criminal inoperante, insegurança jurídica, desvios de função, disparidades salariais, más condições de trabalho, leis benevolentes, falência prisional, morosidade dos processos, leniência do judiciário e impunidade que inutilizam o esforço policial e ameaçam a paz social.

domingo, 28 de dezembro de 2014

PMS DE UPP DO RIO SÃO ATACADOS A TIROS DURANTE PATRULHAMENTO



Do G1 Rio 28/12/2014 18h13


PMs da UPP Mangueira são atacados a tiros durante patrulhamento no Rio. Segundo a assessoria das UPPs, nenhum deles se feriu.Outros 2 casos de violência contra PMs ocorreram no estado pela manhã.



Policiais militares foram recebidos a tiros na manhã deste domingo (28) durante patrulhamento pela comunidade da Mangueira, na Zona Norte do Rio. De acordo com a polícia, ninguém se feriu. Na mesma manhã, um PM foi baleado na capital e outro encontrado morto no interior do estado.

Segundo a Coordenadoria de Polícia Pacificadora (CPP), os PMs da UPP Mangueira se deslocavam pela localidade conhecida como Caixa D’água quando foram atacados. Eles reagiram e os criminosos fugiram do local. Nenhum suspeito foi detido.


De acordo com a Polícia Civil, o caso foi registrado como tentativa de homicídio na 17ª DP (São Cristóvão). Os policiais envolvidos prestaram depoimentos e testemunhas serão intimadas a depor. A carro da PM alvo do ataque foi encaminhado para a perícia.

Um ferido e um morto

O estado do Rio teve outros dois casos de violência contra policiais na manhã deste domingo (28). Em Maricá, no interior do estado, o corpo do soldado Ivo Leandro Zanu, de 35 anos, foi encontrado dentro de um veículo na rodovia RJ-114. Segundo a PM, o agente, que era lotado no 12ºBPM (Niterói), apresentava ferimento de tiro.

Na capital, um sargento lotado no 9ºBPM (Rocha Miranda) foi baleado numa tentativa de assalto em Rocha Miranda, no Subúrbio do Rio.

Segundo a PM, o policial ferido no assalto em Rocha Miranda trafegava pela Rua Luiz Bicalho quando foi surpreendido por criminosos armados que anunciaram o roubo. Ainda de acordo com a corporação, o policial reagiu antes de ser baleado. Ele foi socorrido para o Hospital Carlos Chagas, na Zona Norte.


Do G1 Rio 28/12/2014 11h00 -

Um PM é ferido e outro é encontrado morto no RJ. Agente ferido teria reagido a assalto em Rocha Miranda. Corpo de policial foi achado em veículo no município de Maricá.



O estado do Rio teve dois casos de violência contra policiais na manhã deste domingo (28). Um sargento lotado no 9ºBPM (Rocha Miranda) foi baleado numa tentativa de assalto em Rocha Miranda, no Subúrbio do Rio. Em Maricá, no interior do Rio, o corpo do 3º sargento Leandro Zanu foi encontrado dentro de um veículo, na RJ 114.

Segundo a PM, o policial ferido no assalto em Rocha Miranda trafegava pela Rua Luiz Bicalho quando foi surpreendido por criminosos armados que anunciaram o roubo. Ainda de acordo com a corporação, O policial reagiu antes de ser ferido e socorrido para o Hospital Carlos Chagas, na Zona Norte. Até as 10h45 não havia informações sobre seu estado de saúde.

Também segundo a PM, o corpo do sargento encontrado em Maricá tinha uma marca de tiro. O agente era lotado no 12ºBPM (Niterói).