ALERTA: A criminalidade e a violência crescem de forma assustadora no Brasil. Os policiais estão prendendo mais e aprendendo muitas armas de guerra e toneladas de drogas. A morte e a perda de acessibilidade são riscos presentes numa rotina estressante de retrabalho e sem continuidade na justiça. Entretanto, os governantes não reconhecem o esforço e o sacrifício, pagam mal, discriminam, enfraquecem e segmentam o ciclo policial. Os policiais sofrem com descaso, políticas imediatistas, ingerência partidária, formação insuficiente, treinamento precário, falta de previsão orçamentária, corrupção, ingerência política, aliciamento, "bicos" inseguros, conflitos, autoridade fraca, sistema criminal inoperante, insegurança jurídica, desvios de função, disparidades salariais, más condições de trabalho, leis benevolentes, falência prisional, morosidade dos processos, leniência do judiciário e impunidade que inutilizam o esforço policial e ameaçam a paz social.

sexta-feira, 21 de novembro de 2014

PM É FERIDO AO ATENDER OCORRÊNCIA COM REFÉM

 
NO AR NOTÍCIAS 19/11/2014 | 13:30

Repórter Antonio de Oliveira


Policial Militar é atingido com tiro em ocorrência que mulher foi feita refém pelo filho



Um policial militar, foi atingido com um disparo de arma de fogo na perna direita, durante uma ocorrência de roubo, em Três de Maio. Segundo informações, os policiais foram acionados no fim da manhã e hoje (19-11) para atender uma ocorrência em que uma mulher teve a bolsa roubada.

Em seguida os policiais chegaram até o autor do roubo, que entrou em casa no bairro Palmares e fez a própria mãe de refém. Depois de muita negociação sem êxito e temendo pela segurança da mulher, os policiais invadiram a casa e entraram em luta corporal com o homem que tem problemas psicológicos. Durante a luta, o policial foi atingido com um tiro na perna direita, na altura da coxa.

O policial foi socorrido pelos bombeiros e levado até o hospital São Vicente de Paulo, onde está recebendo atendimento. Ele está lucido e fora de perigo.

O autor do roubo teve um ferimento na cabeça enquanto investia contra os policiais militares. Ele foi levado pela equipe do Samu para o hospital de Três de Maio e também está fora de perigo.

De acordo com informações obtidas pelo repórter Antônio de Oliveira, o homem que tem problemas mentais, ateou fogo nos documentos da mulher que teve a bolsa roubada. Porém os cerca de R$ 500,00 ele não incendiou.


Produção e Fotos: Antônio de Oliveira
Fonte: No Ar Notícias